JORNAL REALIDADE

Operação Férias apresenta balanço final após 30 dias de ações

Na operação deste ano, nas férias escolares, foi utilizada a mão-de-obra de aproximadamente trezentos guardas civis.
Por: Isadora Picolo 01/08/2016 ás 17:00 - Atualizado em 02/08/2016 ás 09:33
Operação Férias apresenta balanço final após 30 dias de ações

Após trinta dias de operação, o comando da Guarda Civil Metropolitana (GCM) divulgou, na tarde desta segunda-feira (1º), o balanço final da Operação Férias executada nas unidades da rede municipal de educação.

A finalidade desta operação era diminuir o número de furtos, roubos, arrombamentos e atos de vandalismo nas escolas, além de envolver outras unidades da educação, como os
Centro Municipais de Educação Infantil (CMEI), o Centro de Formação e o Centro Municipal de Apoio à Inclusão (CMAI).

Segundo dados recebidos pela GCM, durante os trinta dias da operação foram coletados os seguintes índices: visitas às unidades escolares (4.146); disparos de alarme (169); abordagens (30); pichação, danos materiais (11); furtos (11); arrombamento (2); tentativa de furto (1); visitas aos prédios (94); pernoite (20); incêndio (1).

Esta é a quarta edição da operação. Para o coordenador da operação, José Pires, “na segunda houve uma redução de 72% em relação à primeira e nesta o número caiu para 43,7%, prova de que o trabalho é necessário e deve ser continuado”.

A operação foi realizada nas 379 unidades da Secretaria Municipal de Educação (SME), por meio das sete Unidades de Comando Regionais (UCRs), com o apoio dos Programas Goiânia+Segura e Crack é Possível Vencer.

Com informações da editoria de Segurança. Secretaria Municipal de Comunicação (Secom).

MAIS NOTÍCIAS
VINHA FM NO INSTAGRAM
VINHA FM NO FACEBOOK