JORNAL REALIDADE

Comurg não vai mais recolher lixo de grandes geradores a partir da próxima semana

A Companhia de Urbanização de Goiânia começa na próxima semana a não mais coletar e transportar lixos de grandes geradores, por exemplo, supermercados, shoppings e condomínios.
Por: Isadora Picolo 05/07/2016 ás 11:45 - Atualizado em 05/07/2016 ás 11:45
Comurg não vai mais recolher lixo de grandes geradores a partir da próxima semana

A Companhia de Urbanização de Goiânia começa na próxima semana a não mais coletar e transportar lixos de grandes geradores, por exemplo, supermercados, shoppings e condomínios.De acordo com o presidente da Comurg, Edilberto Dias, a medida será revertida em melhorias para o pequeno gerador de lixo.
“Vai começar valer a partir de 14 de julho, mas tem muita gente procurando a Comurg. Isto vai dar um alivio para os nossos caminhões que vão poder prestar uma melhor qualidade de serviço para o gerador doméstico. A coleta vai melhorar. Se os 600 grandes geradores de lixo de Goiânia produzem cerca de 35% do lixo na cidade, então se tirar das costas da Comurg essa quantidade, vamos poder melhorar as rotas, alguns locais que recebem a coleta por três vezes por semana terão condições de receber a coleta diária. A coleta vai melhorar bastante”, argumentou.

De acordo com o presidente da Comurg, o Município ao não realizar a coleta de lixo dos grandes geradores, cumpre a Lei nº 9.498, de 19 de novembro de 2014. O argumento é que a medida, além de gerar economia, atende o Código de Posturas do Município e a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que determina ao Poder Executivo a coleta gratuita apenas do resíduo domiciliar.

Independente da empresa escolhida para a realização da coleta, a mesma também deverá ser cadastrada no site da Prefeitura de Goiânia, além de ser qualificada para a execução da atividade e licenciada junto à Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA). Caso o gerador queira permanecer com a Comurg na execução da coleta e destinação final dos resíduos, os serviços serão realizados mediante cobrança.

“Eles vão pagar a mais para a prefeitura uma taxa a mais e nós vamos prestar o serviço. Vamos concorrer com as outras empresas em até melhores condições. Vamos cobrar só o descarte de lixo no aterro. Vamos cobrar R$ 108 por tonelada descartada no aterro”, afirmou.

Com informações de http://diariodegoias.com.br/cidades/27649-comurg-nao-vai-mais-recolher-lixo-de-grandes-geradores-a-partir-da-proxima-semana

MAIS NOTÍCIAS