JORNAL REALIDADE

Divulgação de edital de concurso da PMGO prevista para agosto

Foi anunciado pelo governo do estado o cronograma de estruturação do concurso para Praças e Oficiais da Polícia Militar de Goiás.
Por: Isadora Picolo 30/06/2016 ás 13:00 - Atualizado em 30/06/2016 ás 12:58
Divulgação de edital de concurso da PMGO prevista para agosto

A divulgação do edital está prevista para o dia 19 de agosto. Conforme adiantado pelo Diário de Goiás, o certame será regionalizado. A empresa responsável pela elaboração do concurso ainda não foi definida.
Também foi divulgado nesta quinta-feira (30) o cronograma para outros certames na área de Segurança Pública. Para a Polícia Civil o antigo Cespe da Universidade de Brasília será responsável por elaborar as provas.

Regionalização PMGO

De acordo com o vice-governador de Goiás e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Éliton Júnior, a opção por regionalizar o concurso se deve por alguns motivos, entre eles: a dificuldade de enviar profissionais a áreas mais distantes dos centros urbanos e por avaliação da PM devido a carência de efetivo em algumas regiões

“É uma visão estratégica da área de Segurança Pública, especialmente no comando da Polícia Militar em que era preciso fixar homens nas diversas regiões do estado. Tínhamos um modelo onde eventualmente eram aprovados volumes significativos de policiais e você acabava por ter dificuldades de encaminhar policiais para regiões mais distantes da capital, naturalmente havia a preocupação de ficar próximo a centros urbanos por questão de comodidade. Agora estamos visando é atender o interesse público. A avaliação estratégica do comando da Polícia Militar que está definindo o quantitativo de vagas de cada uma das regionais existentes”, afirmou o vice-governador de Goiás.

Segundo José Éliton Júnior, também será levado em consideração a proporcionalidade da população para a definição do quantitativo de policiais para determinada localidade.

Assim que divulgamos que o governo apresentaria nesta quinta os cronogramas dos concursos das polícias, alguns internautas se manifestaram na página do Diário de Goiás no Facebook e questionaram sobre os critérios de chamamento por conta da regionalização. Foi destacado que pessoas que estivessem com notas mais baixas em algumas regiões acabariam sendo aprovadas, enquanto que pessoas com notas mais altas em outras localidades seriam reprovadas.

A dúvida foi levada ao secretário de secretário de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, que respondeu da seguinte forma: “Na realidade temos decisões estratégicas tomadas no âmbito das forças policiais e na Secretaria de Segurança Pública que optam num determinado instante por fazer um concurso regionalizado ou não. Essa é uma deliberação das forças policiais. De toda forma é lícito a qualquer interessado em fazer os concursos inscrever-se em qualquer região, mas deve estar consciente que se inscrevendo para determinada região sua lotação será nesta região”, explicou.

Segundo o secretário, além da prova teórica, as outras etapas do processo também serão regionalizadas. No entanto, os detalhes só serão totalmente definidos a partir da definição da instituição que realizará o concurso e com a publicação do edital.

“Os concursos serão realizados nas diversas etapas. As pessoas se inscrevem para as diversas regiões e terão seus cursos de formações realizados em regionais. A Polícia Militar possui 17 regionais e tem a intenção de realizar os cursos de formação em oito destas regiões, onde possui estrutura de formação, academias e escolas de formação. Em relação a realização das provas, isso é uma definição que virá ao longo do processo administrativo e que virá no processo de contratação da instituição organizadora porque muitas vezes você não tem nadas diversas regiões a estrutura para, por exemplo, a realização dos exames médicos, exames psicotécnicos, físicos, esta será uma definição que virá com a publicação do edital”, destacou.

Salários

O vice-governador ressaltou ainda que será mantido o salário de R$ 1,5 mil para o cargo de soldado de 3 ª classe da PMGO. Mantém se também a exigência de curso superior.

“Conforme a legislação aprovada e conforme entendimento realizado entre as secretarias de Segurança Pública e as entidades que representam as diversas categorias o salário base dos Praças será de R$ 1,5 mil. O salário líquido será maior porque envolve as gratificações. Será nível superior para outros”, afirmou o secretário de Segurança Pública.

Mais informações em http://diariodegoias.com.br/concursos/27519-divulgacao-de-edital-de-concurso-da-pmgo-prevista-para-agosto

MAIS NOTÍCIAS
VINHA FM NO INSTAGRAM
VINHA FM NO FACEBOOK