JORNAL REALIDADE

Saúde alerta para riscos de queimaduras em festividades juninas

Nos meses de junho e julho, observa-se um aumento do número de queimaduras em até 50% por fogos de artifício e líquidos quentes
Por: Isadora Picolo 29/06/2016 ás 16:42 - Atualizado em 30/06/2016 ás 10:07
Saúde alerta para riscos de queimaduras em festividades juninas

Com a chegada das festas juninas, os riscos de queimaduras por fogos de artifícios e líquidos quentes aumentam. É importante que a população se conscientize sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar acidentes.

Em Goiânia, O Núcleo de Queimaduras (antigo Ambulatório de Queimaduras do Ciams Pedro Ludovico) oferece avaliação médica às vítimas de queimaduras térmicas, químicas, elétricas, radioativas e dermo abrasivas (queimadura por asfalto).

Atualmente o ambulatório está localizado no Cais Campinas. A unidade funciona 24 horas todos os dias da semana e atende casos de pequena e média gravidade (1º e 2º grau) e encaminha casos mais graves para o Hugol.

A médica do Núcleo de Queimaduras, Fernanda Chaves, afirma que a unidade atende, em média, 60 pacientes por mês, sendo a maioria do tipo abrasiva. Segundo ela, nessa época do ano, devido às comemorações juninas, observa-se um aumento do número de queimaduras em até 50% por fogos de artifício e líquidos quentes.

Dicas de segurança
A médica dá algumas dicas em casos de queimaduras. “Se for leve, quando a pele fica avermelhada ou com bolhas, deve-se lavar com água corrente, proteger com uma toalha limpa e procurar o médico o mais rápido possível. Em caso de queimaduras profundas, que arrancam a pele, a orientação é não lavar e proteger o local machucado com uma toalha limpa e procurar imediatamente o serviço de saúde especializado. Não devem ser utilizados pomadas ou remédios caseiros, que podem infeccionar a lesão e dificultar o diagnóstico”, explica.

Em outros casos, como de queimaduras por atrito em acidentes de trânsito, a vítima deve permanecer no local até que o atendimento por um serviço móvel seja realizado. Nesses casos, pode haver risco de fraturas e o encaminhamento correto será feito pelos profissionais.

Para evitar acidentes em dias de festividade, é preciso tomar algumas precauções, entre elas, evitar que crianças e adolescentes entrem em contato com fogos de artifícios. Os pais devem manter caixas de fósforos ou isqueiros fora do alcance e as crianças devem ficar distantes do fogo e das panelas. Quem for utilizar fogos de artificio deve se atentar para o manuseio. Se possível, é importante que o objeto seja conectado a um cabo de vassoura e direcionado para cima, evitando o contato direto com a pessoa.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Goiânia

MAIS NOTÍCIAS