JORNAL REALIDADE

Novo presidente da Saneago promete transparência

Ele afirma que está determinado a fortalecer a transparência nos contratos, manter a flexibilidade financeira e a idoneidade da estatal diante do mercado.
Por: Isadora Picolo 30/08/2016 ás 14:42 - Atualizado em 30/08/2016 ás 14:41
Novo presidente da Saneago promete transparência

Ex-secretário chefe da Casa Civil, José Carlos Siqueira, assumiu, na tarde de hoje, a presidência da Saneago determinado a fortalecer a transparência nos contratos, manter a flexibilidade financeira e a idoneidade da estatal diante do mercado. Em entrevista coletiva à imprensa, Siqueira afirmou que dentre as medidas estão a contratação de auditoria fiscal para gerir todos os contratos vigentes da empresa e a adequação ao novo regime jurídico das estatais, lei nacional que passou a vigorar no mês de julho.

O presidente ressaltou que as medidas são prioridade e serão executadas de imediato. “Temos o compromisso de manter os níveis de governança corporativa, a flexibilidade financeira, a idoneidade diante do mercado, adequação da empresa ao regime jurídico das estatais e alcance dos resultados estatutários: que é água de qualidade para os municípios goianos e saneamento básico de qualidade”, declarou.

Com relação ao fortalecimento da transparência, observou que se trata de um dos fatores mais fortes para proteger a empresa nas questões referentes à licitação. “Nós vamos ampliar fortemente a transparência na Saneago no que tange aos sistemas de licitação, de contratação, de gestão de contrato, liquidação de despesas e pagamento de despesas. Isso imediatamente”, disse. Siqueira foi escolhido pelo Conselho Administrativo da Saneago, que também elegerá nesta semana, provavelmente na quarta-feira, os outros três nomes que comporão a diretoria da empresa. Segundo ele, serão técnicos concursados da Saneago.

Siqueira explicou que a decisão de contratar auditoria fiscal ocorreu em função do quadro apontado pela Operação Decantação, cujas investigações têm apoio integral da empresa e do governo estadual. “A questão da auditoria foi levantada em função do quadro, de questões identificadas - ainda não comprovadas - na área de licitação e de alguns contratos, que todos os contratos de investimento da empresa sejam auditados. É uma medida saudável, que atende o mercado. A Saneago é uma sociedade de capital aberto, tem debêntures no mercado, e, claro, que a satisfação do mercado é necessária para a continuação dessa relação. Vamos escolher uma das quatro empresas que têm os melhores níveis de avaliação no mercado e vamos iniciar imediatamente”, enfatizou.

Os membros da Comissão de Licitações também serão substituídos e nomeados pela nova diretoria. “Vamos todos nos esforçar para que a continuidade do fortalecimento da Saneago e a melhoria da prestação dos serviços se efetivem em um curto espaço de tempo. Isso resultará numa forte união do corpo de empregados da Saneago e do Governo de Goiás no sentido de buscar ferramentas novas que evitem situações como essas que se deram. E reforço que a Saneago contribuirá integralmente com as investigações”, afirmou.

Mais informações em http://diariodegoias.com.br/politica/29696-vamos-ampliar-a-transparencia-na-saneago-afirma-novo-presidente-da-empresa

MAIS NOTÍCIAS