JORNAL REALIDADE

Hemocentro de Goiás precisa de doações

Atualmente, a doação tem ficado em torno de 40 bolsas diárias, muito abaixo do necessário.
Por: Isadora Picolo 23/08/2016 ás 12:00 - Atualizado em 23/08/2016 ás 12:05
Hemocentro de Goiás precisa de doações

O Hemocentro de Goiás tem realizado trabalho constante de sensibilização de doadores para contribuir com a manutenção de seu estoque. Responsável por suprir as demandas de transfusões de todos os hospitais públicos do Estado, a unidade precisa coletar uma média de 150 bolsas por dia para corresponder às necessidades. Atualmente, a doação tem ficado em torno de 40 bolsas diárias, muito abaixo do necessário.

A redução foi sentida drasticamente nas primeiras semanas de agosto. O diretor-geral do Hemocentro, Mauro Silva, faz um apelo à população para que seja solidária e contribua com as doações. “Precisamos com urgência de doadores de sangue e plaquetas para suprir a demanda diária”, afirma Silva.

A manutenção de um estoque ideal de sangue é fundamental para os atendimentos de urgência, realização de cirurgias de grande porte e tratamento de pessoas que necessitam de transfusão frequentemente. O Hemocentro fica na Avenida Anhanguera, nos fundos do Hospital Materno Infantil, em Goiânia. Seu atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 horas.

Quem pode doar
Podem doar pessoas com peso mínimo de 50 quilos, que tenham entre 18 e 69 anos. Também podem ser aceitos candidatos à doação de sangue com 16 e 17 anos, com o consentimento formal do responsável legal. O candidato não deve estar cansado, não deve ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação e não deve estar em jejum. O interessado em doar precisa levar um documento oficial com foto.

Com informações do Goiás Agora

MAIS NOTÍCIAS
VINHA FM NO INSTAGRAM
VINHA FM NO FACEBOOK